terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Prova para um amor

Postado por Cláudia Figueiredo às 07:30 2 comentários
Quando o amor é posto à prova ele tem a chance de mostrar-se verdadeiro, inteiro...
Tem a chance de mostrar, que não passa de meras palavras ditas em momentos de emoção...
Tem a chance de sobreviver aos trancos e barrancos...
Tem a chance de seguir em frente, cada vez mais forte e imponente...
Tem a chance de inspirar tanta gente...
Tem a chance de retribuir fidelidade, amizade, cumplicidade...
Tem a chance de viver para sempre, mesmo que um dia se torne solitário, apesar da idade...
Tem a chance de perdoar, doar...
Tem a chance de ser generoso, de não pensar só em si...
Tem a chance de proteger sua razão de ser...
Tem a chance de não maltratar o ser amado, de não o ver chorar...
Tem a chance de vencer a morte, mesmo que ninguém se importe...
Tem a chance de simplesmente amar...

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Ano Novo, coração novo...

Postado por Cláudia Figueiredo às 07:35 7 comentários
Depois de tantas e tantas conversas com amigas sobre questões afetivas, resolvi registar o que penso sobre esse assunto. De tantas furadas que entrei e saí, graças a Deus, literalmente, tenho a obrigação de ter aprendido algumas lições, aplicá-las e porque não as dividir também? Embora deixe claro que cada pessoa é única. Que deva ter suas próprias experiências e também quebrar a cara quantas vezes se fizerem necessárias a seu crescimento pessoal e amadurecimento.
Uma amiga queridíssima me disse esses dias, que chegou a conclusão de que deveria repaginar todos os seus conceitos. Não repetir os mesmos caminhos para chegar a lugares diferentes... porque depois de tantos enganos acabou descobrindo que caminhos iguais, levam a lugares iguais aos anteriores... Isso é crescimento. Concordei na hora. Me vi diante de uma sabedoria que só vem com a dor em busca da tal sonhada felicidade amorosa. Quem de nós não deseja um amor verdadeiro, real, leal, que não seja traiçoeiro, mentiroso, enganador e etc...? Pois é!
Mas se queremos mesmo que tudo dê certo, antes de nos pré-dispôr a amar uma outra pessoa, devemos nos amar primeiro, nos apaixonar por nós mesmos, gostar de nossa própria companhia, também achar um barato a solidão. Na solidão descobrimos se somos ou não boas companhias. Pois se você não aguenta ficar sozinho consigo mesma(o), quem aguentará?!

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Na rota das borboletas

Postado por Cláudia Figueiredo às 19:06 1 comentários
Um dia uma borboleta sai do casulo e voa para o mundo. Uma flor recebe sua visita. Ela é bem colorida. Deixa aquela flor exuberante ainda mais enfeitada, alegre, viva e voa. Vai visitar outras flores. Umas mais bonitas, outras menos. Mas visita a cada uma com o mesmo carinho e delicadeza. Entre as da mesma espécie carrega o pólen e gera novas flores, para no amanhã voltar a posar. Ela faz um constante intercâmbio. Não se importa com o local onde a flor tenha nascido:  se à beira de uma vala ou no jardim de um luxuoso palácio. Ela só vê a beleza da flor e mais nada. Não julga. Só quer estar junto.
E um dia  essa borboleta encontra outras borboletas num jardim mágico, florido, cores magnificas, asas multicores. Ela encontra sua metade, cumpre sua função, poe ovos que irão crescer, virar larvas... as peludas lagartas... que também causarão danos, comerão as folhas e estragarão aquela planta de que tanto gostamos.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Ame-se antes de amar os outros

Postado por Cláudia Figueiredo às 11:58 1 comentários
Quando me amei de verdade
Kim McMillen & Alison McMillen

"Quando me amei de verdade
pude compreender
que em qualquer circunstância,
eu estava no lugar certo, na hora certa.
Então pude relaxar.

Quando me amei de verdade
pude perceber que o sofrimento
emocional é um sinal de que estou indo
contra a minha verdade.
Quando me amei de verdade
parei de desejar que a minha vida
fosse diferente e comecei a ver
que tudo o que acontece contribui
para o meu crescimento.

Quando me amei de verdade
comecei a perceber como
é ofensivo tentar forçar
alguma coisa ou alguém
que ainda não está preparado.
- inclusive eu mesma.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Emagreça Comendo

Postado por Cláudia Figueiredo às 17:48 1 comentários
Brasil cria método pioneiro no mundo
Por Eli Halfoun

Não é mais preciso submeter-se a qualquer sacrifício para emagrecer. Ficou para trás aquela verdade de que é preciso fechar a boca. Pelo contrário: a nova regra é aprender a abrir a boca e alimentar-se com prazer aumentando o paladar e diminuindo a fome. Comer bem e sem exageros é apenas uma questão de aprendizado. Foi partindo desse princípio e baseado em seus mais de 25 anos de odontologia e de um aprofundado estudo da boca que o professor Ariel Apelbaum criou o programa Victória, que é o primeiro Centro de Treinamento da Boca do mundo.
O aprendizado que será utilizado por toda a vida também não exige qualquer sacrifício: é feito em 12 etapas de aulas práticas acompanhadas por um “personal trainer” da boca (nutricionista, fonoaudiólogo e dentista) que orientará a mastigar de forma correta e ideal, ou seja, de uma maneira que aumente o paladar e faça finalmente descobrir o prazer de cada alimento. Com o método o alimento permanece mais tempo (o tempo ideal) na boca evitando que se de uma garfada atrás da outra sem sentir o verdadeiro sabor do que se está ingerindo.
O método desenvolvido prelo professor Ariel Apelbaum permite também o fim do indesejável efeito sanfona que costuma desanimar todos os que se submetem as rigorosas (nem sempre eficientes) dietas. O programa Victória, considerado o mais eficaz “personal trainer” da boca sugere em princípio uma mudança de hábitos na alimentação. Tudo isso de forma prática e saborosa porque a comida é tratada de forma consciente aprendendo a fazer década refeição mais do que uma necessidade um grande prazer para o paladar e para o corpo.


domingo, 12 de dezembro de 2010

Auto-Presente de Natal

Postado por Cláudia Figueiredo às 16:18 2 comentários

A essa altura do ano, Natal chegando, listas e mais listas de presentes para comprar... E a gente não se esquece de quem ama:  filhos, pais, maridos, namorados, amigos ocultos e até mesmo dos inimigos declarados rsrsrs... Mas muitas vezes, fora os mimos pessoais, esquecemos de nos auto-presentear com coisas realmente importantes e a primeira vista inacessíveis.
Este ano, vou reeditar um costume de anos anteriores e que acabei deixando de lado em 2009: minha caixinha de promessas. Nela - uma caixa de presente maravihosamente embrulhada e enfeitada com um laçarote de fita vermelha - eu guardava uma lista de todos os presentes que eu gostaria de receber no ano seguinte. Fossem da parte de Deus, de terceiros e principalmente de mim mesma. Colocava também nesta caixa minhas metas, sonhos, projetos, desejos e traçava por vezes, estratégias para as aquisições.
Não vou mentir dizendo que das vezes que fiz isso, consegui realizar todos os meus desejos, mas muitos, com certeza! E sempre que conseguia mais um, abria a caixa guardada em meu armário como tesouro, durante o ano inteiro, para riscar minha nova conquista. 

sábado, 11 de dezembro de 2010

Quando...

Postado por Cláudia Figueiredo às 21:40 0 comentários

Quando necessitei ser amada, simplesmente amei
Quando precisei de ajuda, estendi minha mão
Quando quis ouvir alguém, escutei a voz do silêncio
Quando orei pela paz, me vi em meio à guerra
Quando caí, precisei me erguer
Quando chorei, me purifiquei
Quando me mostrei fraca, fui forte
Quando senti dor, testei meus limites
Quando quis ouvir sim, aprendi limites com o não
Quando achei que perdi, me surpreendi com a vitória
Quando pensei que algo sabia, me vi ignorante
Quando achei que era pequena, me enxergaram gigante
Quando achei que tinha pouco, fui ingrata
Quando me mostrei solidária, me tornei rica
Quando amei sem distinção, recebi porção dobrada
Quando achei que tinha feito tudo, vi que não era nada
Quando achei que podia parar, ouvi alguém me chamar... para tudo recomeçar....
(Cláudia Figueiredo)

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

CARDÁPIO AFRODISÍACO

Postado por Cláudia Figueiredo às 17:21 0 comentários

Tão bom amar, amar e amar de novo... e de novo recomeçar... rsrsr... E por que não dar uma forcinha? rsrrsr..... Ohhhh delícia!!!!!!!!!!!!

Monte seu cardápio escolhendo as opções abaixo. Realize as 5 refeições, todos os dias.

Café da Manhã:
1° Opção: 1 fatia de mamão com raspas de limão, Chocolate Quente (ver receita), 1 pão francês sem miolo com margarina.
2° Opção: 1 fatia de melão com 1 fatia de peito de peru e 1 cereja, 2 torradas com requeijão, 1 copo de suco light pronto de laranja (ou 1 caixinha).
3° Opção: 1 copo de leite desnatado com café e adoçante, 1 pão francês sem miolo com margarina light
4º Opção: 1 copo de suco de soja light (ou 1 caixinha), 1 fatia de pão integral light com 2 fatias de queijo branco
5° Opção:1 copo de leite desnatado com café e adoçante, 1 fatia de pão integral light com requeijão.
6° Opção: 1 iogurte desnatado com adoçante, 2 colheres de sopa de granola, 5 morangos.
7° Opção: Vitamina: ½ copo de leite desnatado, adoçante, gelo, ½ banana e 1 fatia fina de mamão, 2 torradas com margarina.

Vade-retro Peter Pan !!!!!!!!!!!!!

Postado por Cláudia Figueiredo às 06:37 0 comentários
Longe de querer bancar a psicanalista, mas haja saco para lidar com homens que sofrem de Síndrome de Peter Pan. Resolvi escrever este artigo, depois de ler um post de uma amiga no Facebook, que questionava a falta de comprometimento dos homens com suas propostas iniciais dentro de uma relação. E por minhas experiências pessoais e de tantas e tantas amigas e alunas, concluo que a maioria dos homens agem mesmo como meninos grandes.
Meninos que se empolgam com ofertas de novos brinquedinhos todos os dias, e os que conquistaram anteriormente, passam a não ter tanto valor assim ... A não ser, que um outro coleguinha o pegue emprestado ou o roube... Afinal, o tal "brinquedinho" já estava em seu poder, lá guardadinho, quietinho... E o que vale, é o que ainda não se tem... OH MY GOD!!! OHHHHHHHHHH imaturidade!!!!

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

DESCULPEM O ATRASO, MAS AGORA CHEGUEI...

Postado por Cláudia Figueiredo às 18:07 1 comentários

Ufaaaaa!!! Demorou mas saiu o meu blog... Acho que não queria ficar expondo tanto meus pensamentos, experiências e falar sobre o que acredito e também do que não acredito. Afinal não tenho a pretenção de ser PHD em nada.... Quem acha que sabe tudo, na verdade, de nada sabe... Sou apenas uma jornalista, que já rodou muito por esse Brasilzão... que adora festas, arte, música, teatro, dança, cinema, moda... e sempre que se faz necessário, acaba me metendo na política.... Afinal, tenho me dedicado mais ultimamente à assessoria de imprensa e à prestação de serviços à várias agências de publicidade do Rio de Janeiro...
Estou abrindo este espaço para tricotar sobre todos os assuntos, principalmente os que interessam às mulheres. Meu blog será divã, sala de estar, palco, picadeiro, púpito, ringue e consultório sentimental.... Quero trocar muitas figurinhas por aqui... quero aprender, ensinar e me divertir...

Cacau
 

Cláudia Figueiredo Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template | templates gratis Vector by Artshare