quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Desculpas e outros jeitos deselegantes de romper relação

Postado por Cláudia Figueiredo às 08:19
Literatura

Realmente certas pessoas não respeitam nenhum pouco os sentimentos alheios. São capazes de pura e simplesmente detonar o outro sem cuidado algum. Colocam no céu para em seguida, jogar no inferno, sem nenhum tipo de culpa ou constrangimento. Surpreendem pela mudança busca de comportamente e frieza no trato com quem acaba ficando com cara de tacho.

Mas afinal, é normal agir assim?

Para entender um pouco mais desse universo paralelo rsrsrsrsrsr..... Resolvi aceitar a dica, enviada pelo amigo Creo Kellab e ler, "O Guia do Toco --Como Dar e Levar sem Perder o Bom Humor" (BestSeller, 160 págs., R$ 24,90).

O livro lista dezenas de foras, divididos entre clássicos, esfarrapados e sinistros.

"Sinistros são aqueles que você não acredita que levou. Clássicos são os que todos dão e levam", explica Leticia Rio Branco, também autora.


Quem sabe eu encontre algumas respostas aí.rsrrs...

Bjosss
Cacau

6 comentários:

Gito Sales on 16 de fevereiro de 2011 11:02 disse...

EXELENTE DICA CACAU!!! BEIJOSSSS

Creo on 16 de fevereiro de 2011 11:18 disse...

Li e gostei muito, e vejo que temos levar os TOCOS com bom humor que as escritoras fabi Cimieri e Leticia Rio Branco,levam em suas maneiras de escrever.......... Toco 'e que nem agua , todo mundo bebe. rs

Cláudia Figueiredo on 16 de fevereiro de 2011 12:07 disse...

Na verdade Gito, não pode ter fim, algo que jamais existiu de verdade.
Bjos querido!!!

Anônimo disse...

Muito bom Cláudia, acho que eu poderia contribuir para esse livro com a minha última experiência, que não desejo para ninguém! Bjs linda! Eduardo

Cláudia Figueiredo on 16 de fevereiro de 2011 13:01 disse...

Edu, então somos dois rsrsrsrs...
Que Deus nos proteja!
Bjos meu anjinho e cura para nós.

Lojista Carioca on 16 de fevereiro de 2011 17:29 disse...

Caramba Cláudia!
Você foi no ponto central: Detonar o outro sem cuidado algum.
O romper é externar o egoísmo. Quem rompe está pensando somente em si. Não tem com ser de outra forma... Mesmo com toda a delicadeza do mundo, o "massacrador" não tem como ser o mocinho.
Dizer que é normal agir assim pode parecer frio. Mas quem já não chegou ao ponto de não aguentar o outro numa relação?
Só sentimos a dor quando estamos do lado "massacrado".
É uma merda!
Mas o mais importante de tudo, é que exite vida após a separação.
E o verdadeiro "troco" vem quando ficamos bem. Quando damos a volta por cima.
Parece utopia?

Beijos, linda!
E fique com Deus.
Edvaldo Gonçalves

 

Cláudia Figueiredo Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template | templates gratis Vector by Artshare